Notícias Locais

Cem cestas básicas de Natal vão ser entregues pelo Lions a pessoas carentes

Ação acontece pela primeira vez e o planejamento é que as doações continuem ocorrendo nos meses seguintes

Créditos: Gabriela Marcondes
- Divulgação/ Clube Lions

Neste sábado (22), às 9h, o Distrito Múltiplo do Lions Clube Internacional Região Norte e Nordeste, através do Comitê de Combate à Fome, irá entregar cem cestas básicas de Natal a famílias brasileiras e venezuelanas que atualmente passam por necessidades. Ação social acontecerá na sede do Lions Clube Boa Vista Caçari, na Avenida Carlos Pereira de Melo, 2733, Jardim Floresta, ao lado da Igreja Batista.

Segundo o assessor de Combate à Fome do Distrito Múltiplo, Ivonisio Lacerda, a entrega das cestas ocorrerá por meio de senhas que já foram disponibilizadas às famílias carentes. O trabalho conta com apoio de todos os companheiros do Lions do Norte e Nordeste.

"Nós entregamos umas senhas às famílias brasileiras cadastradas nos clubes daqui e às famílias venezuelanas que estão em alguns abrigos. Então, a alguns venezuelanos que a gente encontrou entregamos a senha e eles vão para lá no sábado de manhã", disse Ivonísio Lacerda.

A ação acontece pela primeira vez e o planejamento é que as doações continuem ocorrendo nos meses seguintes.

"Essa é a primeira vez que fazemos a ação nesse sistema porque é um projeto que foi aprovado no Norte e Nordeste do Distrito Múltiplo. Eles me nomearam como assessor do comitê de Combate à Fome onde cada companheiro do Lions dá dez reais todo mês, e todo mês eles juntam todo o dinheiro arrecadado no Distrito Múltiplo do Piauí e mandam para cá para gente fazer esse trabalho", explicou o assessor.

CADASTRAMENTO

O cadastramento das famílias e pessoas carentes que irão receber o benefício acontece por meio de uma pesquisa em que se coletam informações das pessoas para ver a real situação e logo se realiza uma visita para finalizar o procedimento. Ivonísio Lacerda relatou que esse trabalho de cadastramento é algo que já vem sendo feito para atender a famílias carentes que moram em locais mais afastados do Centro.

A meta é que o trabalho conjunto seja contínuo para que cada vez mais se torne possível auxiliar a mais famílias. É um trabalho que engloba o Norte e o Nordeste.

Para Lacerda, é um trabalho que está sendo feito com carinho e no sábado espera-se que as famílias selecionadas compareçam para receber as cestas.

"Realmente é um trabalho interessante porque são famílias que necessitam, são carentes e a gente já tem esse cadastro das famílias brasileiras e agora a dos venezuelanos. É um trabalho que a gente está fazendo com muito carinho e que vamos dar continuidade, não é só esse mês, todo mês vai ter essa doação e a possibilidade de fazer esse trabalho", finalizou o assessor de Combate à Fome do Distrito Múltiplo.