Polícia

Cadáver masculino aparece boiando no rio Branco; vítima pode ter sido executada a tiros

Pessoas que circulavam por trás de uma das fábricas da região viram o corpo boiando e comunicaram o caso à PM

Créditos: Nonato Sousa
- Divulgação

Um cadáver masculino apareceu boiando na manhã dessa segunda-feira (10), no rio Branco, próximo de uma das balsas que retiram areia do local. Pessoas que circulavam por trás de uma das fábricas da região viram o corpo boiando e comunicaram o caso à Polícia Militar e Corpo de Bombeiros.

Agentes da Delegacia Geral de Homicídios estiveram no local. De acordo com um policial, até o meio da tarde não havia informações sobre a identidade da vítima nem a real causa da morte.

Ele confirmou a informação de que o cadáver tinha uma perfuração na cabeça, supostamente de tiro, o que pode caracterizar execução, porém, destacou que somente o laudo cadavérico deve determinar a causa da morte.

O corpo do desconhecido foi retirado d'água por mergulhadores do Corpo de Bombeiros, levado ao Instituto Médico Legal e colocado na geladeira para conservação.

De acordo com uma fonte do IML, até a conclusão da matéria a vítima não foi identificada e nenhum possível parente apareceu no local para tentar fazer o reconhecimento. A expectativa é de que ainda hoje seja feito o exame cadavérico e possível identificação da vítima.

NOTA

O Corpo de Bombeiros Militar de Roraima informou, em nota, que foi acionado para prestar apoio à Polícia Militar em uma ocorrência de recuperação de corpo por volta das 10h de ontem, no rio Branco, no bairro 13 de Setembro.

Uma equipe de bombeiros da Companhia de Busca e Salvamento (CBS/CBMRR) iniciou de imediato as buscas e recuperaram o corpo de um homem adulto que apresentava perfurações no crânio.

A participação do CBMRR na ocorrência foi finalizada por volta das 12h, após o corpo ser removido para a margem do rio e ter sido entregue aos cuidados da equipe do IM para os procedimentos de perícia e de identificação.

 

 

SEE ALSO ...