Questão de Opinião

Crianças e atividade física, isso dá certo?


A colunista Eliza Lima

ELIZA LIMA*

É papel da escola e do poder público promover certas ações esportivas como as aulas de Educação Física, entre outras atividades. E dar suporte e incentivos para a participação das crianças em atividades fora do ambiente escolar, como as ações promovidas pela prefeitura, que muitas das vezes é o primeiro contato das crianças com uma variedade de esportes

A saúde do corpo é fundamental para saúde da mente, mas quais são os incentivos para praticarmos esportes? Você já deve ter parado para refletir se vai ou não fazer algum esporte, não importa a idade, a prática é sempre bem vinda, o que justifica seu incentivo nas escolas, como parte da educação das crianças.

As aulas de Educação Física que você achava um tédio, porque parecia um monte de brincadeiras sem objetivo algum, sempre tiveram como meta aproximar você da vida esportiva. A prática de esportes na escola é a maneira mais rápida de ensinar às crianças a importância da atividade física para uma vida saudável. Nesse período, estimular o gosto pelo esporte é importante para a vida dessas crianças, pois é essencial não apenas para manter o corpo em forma, mas também para introduzir os cuidados com o corpo, que posteriormente se mostram indispensáveis para a saúde, trabalhando na prevenção de doenças como a obesidade.

O principal meio de combater a obesidade infantil é através do esporte, o que deve acontecer em parceria escola - família - poder público. Cada vez mais a alimentação servida nas escolas tem sido preparada por nutricionistas, com cardápio variado suprindo as necessidades alimentares das crianças. Um ótimo exemplo disso são as Casas Mãe, aqui em Boa Vista-RR, que são creches, onde toda a alimentação das crianças é feita de forma balanceada, considerando a idade e o peso da criança. Além disso, é papel da escola e do poder público promover certas ações esportivas como as aulas de Educação Física, campeonatos, mini maratonas, gincanas, entre outras atividades. E dar suporte e incentivos para a participação das crianças em atividades fora do ambiente escolar, como as ações promovidas pela prefeitura, como Academia Aberta, Zumba nas praças, os equipamentos para exercício físico instalados em diversas praças da cidade, a Corrida 9 de julho para crianças e os Jogos Escolares, que muitas das vezes é o primeiro contato das crianças com uma variedade de esportes. Essa é a oportunidade que o poder público pode colaborar para a qualidade de vida das crianças, mostrando que o esporte é algo bom, incentivando sua prática, que atinge também a reeducação alimentar, prevenindo doenças como obesidade, hipertensão infantil, problemas na coluna causados pela falta de postura, e assim por diante. Lembrando que cabe aos pais e responsáveis o incentivo à participação dos filhos e o acompanhamento da saúde dos mesmos.

Grandes eventos esportivos não são muito frequentes em nosso Estado, mas isso não deve servir de empecilho para os cuidados com a sua saúde ou de seu filho, existem projeto e associações esportivas que funcionam o tempo todo. A prática esportiva já faz parte da vida escolar, torne ela parte de seu dia-a-dia para começar a colher os benefícios de uma vida saudável. Lembre-se, "corpo são, mente sã".

* A autora é professora, graduada e especialista em Filosofia. [email protected]


SEE ALSO ...