Roraima em Alerta

Decisão do TCU traz alívio para famílias de Roraima

220819 RR Alerta


Alívio

Quem espera pelo enquadramento na União ficou aliviado com a decisão do Tribunal de Contas da União (TCU), anunciada na tarde desta quarta-feira (21). Os Ministros foram unânimes em considerar que não existe nenhum ato ilegal envolvendo o reconhecimento do direito dos servidores que ajudaram a construir Roraima. O assunto dominou as redes sociais porque interessa a uma parcela considerável da população de Roraima.

Continua

A decisão do TCU garante definitivamente, o direito ao enquadramento a quem perdeu o vínculo com a União ou atuou em cooperativas, por exemplo. Isso está previsto na Constituição Federal graças a Emenda Constitucional 98, mas foi questionado em denúncia acatada pelo Ministério Público Federal e aceita pelo TCU em janeiro deste ano. Mas agora, não há questionamentos. O texto passou pelas Casas Legislativas, Câmara e Senado Federal, foi promulgada e representa dignidade, respeito e reconhecimento a quem contribuiu com a construção de Roraima. Além de promover um incremento considerável na economia local que ganhará com mais dinheiro dos servidores circulando.

Mérito

Nesta questão, não há como fugir de registrar o mérito do ex-senador Romero Jucá que hoje preside nacionalmente O MDB. Ele é o autor da PEC 199, o texto que ampliou esse direito e trouxe nova esperança a quem foi demitido sem direito à nada. Mesmo sem mandato, é Jucá que segue informando a população sobre o andamento do enquadramento e como autor da PEC, ele fez questão de comparecer na sessão do TCU e conversar pessoalmente com os Ministros que julgaram a questão, incluindo o relator Vital do Rêgo que integrou por anos, o MDB. Foi Jucá que deu a notícia do resultado em suas redes sociais, tranquilizando muita gente.

Irritou

Quem não deve ter ficado tranquilo com a notícia são os opositores de Jucá. Na publicação, o ex-senador foi firme em dizer que a denúncia apresentada junto ao Ministério Público Federal partiu de políticos de Roraima. Os mesmos que deveriam estar trabalhando pelos interesses da população porém, estavam apenas preocupados em atingir a imagem de Jucá, autor da lei que ampliou o enquadramento e que na época, exercia o cargo de Senador. Não é difícil duvidar dessa hipótese, considerando o comportamento baixo de alguns políticos de Roraima que gastam todo o tempo e recursos de que dispõem apenas atacando seus opositores, totalmente alheios às reais necessidades da população. É lamentável que esses irresponsáveis tenham colocando em risco o sonho de milhares de roraimenses.

 

Blindado

O deputado Soldado Sampaio transparece não ter diálogo aberto com o governo sobre as proposições que chegam à Assembleia Legislativa. No projeto sobre o aumento do número de agentes penitenciários, ele parecia perdido. Os próprios parlamentares afirmam que o governo não tem dialogado com os deputados, muito menos com a base aliada (se é que podemos dizer que Denarium possui). Além disso, Soldado Sampaio mostra uma blindagem à imprensa. O Roraima em Tempo já tentou, por diversas vezes, se aproximar para conversar sobre a reforma administrativa, mas nunca conseguiu arrancar uma declaração sequer do político.

 

Reforma

Justamente sobre a reforma, fontes da Coluna revelam que ela ainda não foi enviada para a Casa Legislativa. Não se sabe ao certo como anda a articulação do líder do governo para aprovar a proposta. O governo tem conseguido passar os projetos na Casa por inteira necessidade pública. Explica-se: é mais do que preciso aumentar o número de agentes nos presídios de Roraima, mais ainda garantir segurança a população. Se para equilibrar as contas ele levou a melhor ao aprovar o projeto de repactuação, o mesmo conseguiu com os agentes e, ao que tudo indica, deve conseguir com a reforma administrativa. A questão são os cargos que serão extintos com a mudança administrativa, o que deve afetar os acordos políticos do pesselista.

 

Mais da casa

A deputada Catarina Guerra confirmou à Coluna que vai intensificar o trabalho de prevenção ao suicídio no mês de setembro, no Setembro Amarelo. A parlamentar é linha de frente em se tratando dessas políticas públicas e vai fazer lançamento da cartilha de combate ao suicídio em Caracaraí. Junto com a cartilha vai ser entregue um material lúdico, que ajuda as pessoas a desestressarem. São aquelas imagens para colorir. Colorir a vida, como disse a deputada. Da escuridão à luz. E o trabalho dela não se limita apenas à capital Boa Vista. Ela já visitou diversas escolas e passou, nos últimos meses, por Bonfim, Amajari e outras localidades. Iniciou bem o primeiro mandato!

 

Alerta

Já a deputada Lenir Rodrigues fez questão de lembrar aos nobres colegas da Comissão de Educação, que a escola 13 de Setembro não foi desativada no ano de 2012. Ocorre que, nesta época, ela era secretária de educação, e afirmou não ter sido nessa época o fechamento da unidade de ensino. A resposta foi dada após o deputado Nilton do Sindpol afirmar que o encerramento das atividades na escola tinha sido em 2012, mas na verdade isso ocorreu em 2016. As obras na escola iniciaram em outubro de 2017, com término previsto em 240 dias, ou seja, oito meses depois, junho do ano passado, o que não ocorreu. A placa informa que foi destinado R$ 1,6 milhão à reforma.

 

 


SEE ALSO ...