Últimas Notícias

Eduardo Bolsonaro destitui Nicoletti de vice-liderança do PSL na Câmara dos Deputados

Deputado roraimense e mais onze parlamentares perderam o cargo após determinação do filho do presidente

Créditos: Bryan Araújo e Ana Paula Lima
Nas redes sociais, Eduardo e Nicoletti sempre demonstraram parceria

O deputado federal Nicoletti (PSL-RR) perdeu o cargo de vice-líder do governo na Câmara dos Deputados após determinação de Eduardo Bolsonaro (PSL-SP), que assumiu a liderança do partido na tarde dessa segunda-feira (21). O filho do presidente destituiu todos os 12 parlamentares vice-líderes pesselistas na Casa.

Em meio à guerra no partido, entre aliados de Jair Bolsonaro e apoiadores do presidente da sigla, deputado Luciano Bivar (PSL-PE), Eduardo assumiu o cargo depois de entregar nova lista para ser nomeado. A briga foi iniciada na semana passada, quando o presidente da República indicou o filho e gerou conflito para retirar o deputado Delegado Waldir (PSL-GO) da liderança.

A decisão da destituição foi comunicada pela Secretaria-Geral da Mesa ainda na tarde de ontem, por volta das 16h30 (horário de Brasília). A bancada do PSL na Casa Legislativa é formada por 53 parlamentares, divididos entre a ala Bolsonarista e a Bivarista.

Em vídeo publicado na sexta-feira (18), Nicoletti reiterou apoio ao presidente, mas afirmou que não assinou a lista para nomeação de Eduardo Bolsonaro. De acordo com ele, no começo do ano foi feito um acordo entre os membros do partido para assegurar a permanência do Delegado Waldir na liderança até dezembro, onde seria realizada nova eleição.

"Eu me comprometi, assim como a maioria, em garantir a liderança até o final do ano para o Delegado Waldir. Nós estamos mantendo esse posicionamento e essa lealdade ao compromisso firmado em fevereiro deste ano. Essa lista do Eduardo Bolsonaro não chegou até mim", disse o parlamentar.

Ainda no vídeo, o deputado relatou que esclareceu a Eduardo Bolsonaro os motivos que o levaram a não prestar apoio ao filho do presidente. Contudo, novas listas foram assinadas e protocoladas na Câmara dos Deputados desde então. Com isso, não é possível saber qual lista Nicoletti assinou.

No total, seis listas foram entregues na Câmara para votação do líder, sendo que duas delas ainda não foram conferidas. É necessário ter 27 assinaturas de apoio para indicação ao cargo. Eduardo Bolsonaro recebeu 32 assinaturas na última checagem.

APOIO

Nicoletti é um dos maiores apoiadores de Jair Bolsonaro entre os parlamentares roraimenses. Durante as eleições, o deputado chegou a utilizar a imagem do presidente para conseguir apoio entre os eleitores. Nas redes sociais, em diversas publicações, Eduardo e Nicoletti sempre demonstraram proximidade. 

O Roraima em Tempo entrou em contato com a assessoria do deputado para solicitar um posicionamento sobre a situação e aguarda retorno.