Últimas Notícias

Indígena que estava desaparecida após embarcação afundar é encontrada morta, diz Exército

Barco virou na tarde de sábado (7), quando passava pela cachoeira do Algodão, na calha do rio Uraricoera

Créditos: Da redação
Embarcação afundou no fim de semana

O Comando da 1ª Brigada de Infantaria de Selva informou, na tarde desta terça-feira (10), que a indígena que estava desaparecida após a embarcação militar afundar no último sábado, foi encontrada morta na noite de ontem (9).

"[...] por volta das 20h do dia 9 de setembro, as equipes que participavam das buscas na região do Rio Uraricoera, encontraram a indígena desaparecida infelizmente sem vida", escreveu o Exército em nota à imprensa.

A embarcação do Exército Brasileiro afundou no final da tarde de sábado (7), quando executava operações contra o garimpo ilegal na região da reserva indígena Yanomami, Norte de Roraima. A indígena fazia parte da tripulação.

Conforme o Comando da Brigada, "as medidas legais cabíveis estão sendo tomadas junto aos órgãos competentes para realização da retirada do corpo do local e posterior perícia". Além disso, um inquérito Policial Militar foi instaurado pelo Comando da 1ª Brigada da Infantaria, que deve apurar as circunstâncias "em que ocorreu o lamentável fato".

NAUFRÁGIO

Estavam no barco três militares e um indígena, que conseguiram se salvar. O incidente ocorreu quando a embarcação passava pela cachoeira do Algodão, na calha do Rio Uraricoera. Tropas do 7º Batalhão de Infantaria de Selva e militares do Corpo de Bombeiros fizeram busca na região para encontrar a indígena.