Últimas Notícias

Prefeitura amplia até meia noite atendimento em UBSs para pacientes com Covid-19

Unidades localizadas nos bairros Equatorial e Paraviana passam a atender, de segunda a sexta-feira, das 8h às 20h

Créditos: Da Redação
Mais duas UBSs passam a atender até meia noite - Divulgação/Prefeitura de Boa Vista

A Prefeitura de Boa Vista decidiu estender até meia noite o horário de atendimento de mais duas Unidades Básicas de Saúde (UBSs), destinadas para pacientes com coronavírus. A mudança é para ampliar o atendimento durante a fase grave da pandemia em Roraima.

Passam a funcionar das 7h à 0h, durante a semana, a partir desta quarta-feira (24):

  • Lupércio Lima (Pintolândia)
  • São Vicente (bairro de mesmo nome)
  • Olenka Macellaro (Caimbé)
  • Mariano de Andrade (Caranã)
  • Délio Tupinambá (Nova Cidade)
  • Aygara Motta (Cidade Satélite).

Esses mesmos postos, que abriam das 8h às 14h, vão funcionar até as 20h aos sábados e feriados. Unidades de saúde Equatorial e Sílvio Botelho (Paraviana) passam a atender, de segunda a sexta-feira, neste mesmo horário. A prefeitura informou que as mudanças foram possíveis graças à contratação profissionais.

"Desde o início da gestão nos reunimos diariamente para tratar das ações de combate à pandemia. Para ampliar os atendimentos, aumentar os horários de funcionamento e abrir UBSs aos sábados e feriados, fizemos seletivo emergencial para contratar profissionais", destacou o prefeito Arthur Henrique (MDB).

NÚMEROS

Segundo a prefeitura, desde o início de 2021, as unidades exclusivas para pacientes suspeitos de Covid-19 ofertaram mais de 42 mil atendimentos e fizeram 18 mil testes rápidos.

De acordo com os número apresentados pela gestão, há uma grande procura por atendimento de pessoas residentes no Amazonas. Em dezembro foram 293, passando para 491 em janeiro, um aumento de 67,5%. Já nas primeiras semanas de fevereiro este índice já é de 181 atendimentos.

Conforme o boletim epidemiológico da Secretaria de Estado da Saúde (Sesau), Boa Vista tem 60.265 casos confirmados e 795 mortes por coronavírus. Outros 58 óbitos estão em investigação.

SEE ALSO ...