Últimas Notícias

Mais Médicos para o Brasil: Roraima recebe seis profissionais para atender municípios do estado

Publicação de nomes e locais de atuação consta no diário Oficial da União desta terça-feira (8)

Créditos: Da redação
Em Roraima, profissionais serão direcionados a seis municípios - Divulgação

O governo federal divulgou, no Diário Oficial da União (DOU), a lista com os nomes e registros de médicos intercambistas do projeto Mais Médicos para o Brasil. A publicação é dessa terça-feira (8).

VEJA A PUBLICAÇÃO

Em Roraima, seis profissionais serão direcionados aos municípios de Caracaraí, Rorainópolis, São João da Baliza, São Luiz do Anauá, Uiramutã e em Boa Vista, no Distrito Sanitário especial Indígena Yanomami (DSEI-Y).

Com a publicação, fica concedido o registro único para o exercício da medicina, no âmbito do projeto, aos médicos intercambistas, de acordo com a Portaria nº 28, de 7 de outubro de 2019, da Secretaria de Atenção Primária à Saúde.

O documento informa o local onde o médico vai trabalhar e determina também a expedição das carteiras de identificação de todos que atenderam os requisitos legais para as atividades do projeto.

CONTRATAÇÃO

Os profissionais que foram aprovados terão dois anos para concluir o curso de especialização em Medicina de Família e Comunidade.

Eles devem receber bolsa-formação de R$ 12 mil mensais e gratificação de R$ 3 mil adicionais para locais remotos ou R$ 6 mil adicionais para distritos indígenas, além de localidades ribeirinhas e fluviais, conforme com o Ministério da Saúde (MS).

SOBRE O PROGRAMA

O programa Médicos pelo Brasil substituiu o Mais Médicos, criado em 2013, no governo de Dilma Rousseff. O lançamento ocorreu em cerimônia no Palácio do Planalto, no dia 1º de agosto deste ano.

Principal objetivo do novo programa continua sendo a interiorização de médicos pelo país, especialmente nas regiões mais remotas e desassistidas.

SEE ALSO ...