Últimas Notícias

Roraima tem 1.301 mortes pela Covid-19 e número de infectados supera casa de 88 mil registros

Outros 94 óbitos seguem sob investigação, segundo informou boletim epidemiológico da Sesau

Créditos: Da Redação
Todas as mortes registradas na data de hoje estão relacionadas ao município de Boa Vista - Divulgação

Roraima confirmou 11 mortes pelo coronavírus chegou a 1.301 óbitos pela doença desde o início da pandemia. A informação foi divulgada pela Secretaria de Estado da Saúde (Sesau) nesta terça-feira (23). Nenhum óbito ocorreu nas últimas 24 horas, ou seja, todos os registros que foram incluídos no documento são de outras datas.

As mortes estão distribuídas da seguinte maneira:

  • Alto Alegre (23)
  • Amajari (18)
  • Boa Vista (981)
  • Bonfim (24)
  • Cantá (19)
  • Caracaraí (39)
  • Caroebe (15)
  • Iracema (12)
  • Mucajaí (30)
  • Normandia (24)
  • Pacaraima (32)
  • Rorainópolis (41)
  • São João da Baliza (6)
  • São Luiz (8)
  • Uiramutã (7)
  • Outras localidades (12)

Outras 94 mortes seguem sob investigação.

A secretaria também informou que 291 novos casos da doença foram confirmados na data de hoje. Com isso, o número de infectados subiu de 87.866 para 88.157 registros.

Os casos são distribuídos da seguinte forma:

  • Alto Alegre (1.127)
  • Amajari (804)
  • Boa Vista (66.611)
  • Bonfim (1.800)
  • Cantá (1.687)
  • Caracaraí (1.899)
  • Caroebe (1.520)
  • Iracema (813)
  • Mucajaí (1.865)
  • Normandia (432)
  • Pacaraima (1.925)
  • Rorainópolis (2.532)
  • São João da Baliza (1.062)
  • São Luiz (459)
  • Uiramutã (1.144)
  • Outras localidades (2.477)

A Sesau acrescentou que 174 pacientes permanecem internados no Hospital Geral de Roraima (HGR), 34 no Hospital de Retaguarda e nove na Maternidade Nossa Senhora de Nazaré. Dezoito altas hospitalares foram registrada na data de hoje e o número de pessoas recuperadas da Covid-19 é de 82.300 registros.

LEIA MAIS

Vereadores desmentem denúncia de descarte de vacinas contra Covid-19 em Boa Vista

Paciente é transferido para UTI após 8 horas de espera no Hospital Geral de Roraima