Últimas Notícias

Servidores denunciam falta de álcool líquido no Hospital Geral de Roraima

Mensagens obtidas pelo Roraima em Tempo mostram que a Secretaria de Estado da Saúde (Sesau) alegou ter o produto em estoque

Créditos: Da Redação
HGR enfrenta desabastecimento de álcool há quatro dias, denunciam servidores - Josué Ferreira/Roraima em Tempo

Servidores do Hospital Geral de Roraima (HGR) denunciaram à reportagem nessa terça-feira (6) que a unidade está sem álcool líquido 70% há quatro dias. Além disso, medicamentos usados no tratamento de pacientes contra a Covid-19 continuam em falta.

"O secretário foi atrás de uma pessoa que queria doar 34 galões de álcool líquido. Só que ele disse que não serve, que o produto não tem eficácia, e não aceitou. Mas até quatro dias atrás estávamos usando esse tipo. Ou seja, só serve quando eles compram?", questionou um servidor.

Esta não é a primeira que uma unidade de saúde enfrenta desabastecimento do produto. Em janeiro deste ano, a reportagem mostrou que o Hospital Regional Sul Ottomar de Souza Pinto estava sem álcool etílico e luvas para os funcionários usarem nos atendimentos.

"O álcool serve para fazer a antissepsia do local antes de fazer aplicação de injeção. Usamos nas mãos, bancadas de serviço e materiais de uso. A falta desse produto acarreta em acúmulo de bactérias, fungos e micoses", declarou o funcionário.

A presidente do Sindicato dos Profissionais de Enfermagem do Estado de Roraima (Sindprer-RR), Maria de La Paz, disse ao Roraima em Tempo que a entidade recebeu informações sobre a falta do produto nos últimos dias.

"A informação que recebemos foi de que o álcool líquido 70 estava em falta. O almoxarifado, no setor de distribuição da unidade, repassou essa informação após um dos funcionários do setor de oncologia ir até o local pedir pelo insumo", declarou.

Outra fonte informou que continua a falta de medicamentos, como clexane, dexametaxona, predinisolona, predinisona, e diazepan, essenciais para o tratamento de internados com o coronavírus. A Secretaria de Saúde confirmou, na semana passada, a falta de dexametaxona, mas garantiu que estava em fase de compra dos produtos.

CITADA

A Secretaria de Saúde informou que o HGR foi abastecido com álcool líquido ontem e hoje será feito um novo reabastecimento para o HGR.

"É importante esclarecer que em virtude do atual cenário da pandemia há momentos em que as unidades registram um aumento acima do previsto. No entanto a Sesau tem adotado todas as medidas necessárias para manter o abastecimento nas Unidades", assegurou.

SEE ALSO ...