Últimas Notícias

Suspeitos de venda ilegal de armas e corrupção de menores são presos em Pacaraima

Ação da FICCO-RR flagrou os investigados comercializando armamento livremente na cidade

Créditos: Da Redação
Arma comercializada pelos criminosos é utilizada pelo Exército da Venezuela - Divulgação/FICCO-RR

Uma ação policial coordenada por agentes da Força Integrada de Combate ao Crime Organizado de Roraima (FICCO/RR) resultou na prisão de dois homens de nacionalidade venezuelana por comércio ilegal de arma de fogo e por corrupção de menores.

De acordo com a Polícia Federal, os crimes estavam sendo cometidos no município de Pacaraima, no Norte de Roraima. A FICCO havia recebido a informação de que pessoas estariam participando da venda armas oriundas do país vizinho, que adentravam o Brasil por meio da fronteira.

Durante rondas policiais na cidade, os agentes identificaram uma situação condizente com a denúncia, a qual envolviam o suspeito, um comparsa e dois adolescentes, momento em que presenciaram o repasse de uma arma aos jovens e realizaram a abordagem.

Ainda segundo PF a ação só foi possível graças uma decisão liminar da Justiça Federal que permitiu o retorno das atividades de abordagem a imigrantes no município. A arma comercializada ilegalmente é a mesma utilizada por soldados do Exército venezuelano.

Os dois maiores de 18 anos foram presos e encaminhados ao sistema prisional, onde permaneceram à disposição da Justiça. Já os dois adolescentes apreendidos pela prática de ato infracional análogo ao comércio ilegal de arma de fogo foram encaminhados à Polícia Civil para providências.